Gays e lésbicas pagam meia no festival Mix Brasil; saiba detalhes

Considerado o maior festival LGBT da América Latina, o 20º Mix Brasil de Cultura da Diversidade ocorre de 8 a 18 de novembro em sete espaços da capital paulista. O longa belgo “No Caminho das Dunas” (2012), de Bavo Defurne, abre o evento no Cinesesc Augusta (centro).

Imagem

Cena do filme francês “Nosso Paraíso” (2012), novo longa do diretor Gaël Morel

 

Com filmes inéditos no país, curtas, peças, performances, “Balada Literária” e o show do Congo, a programação do evento se estende ao Centro Cultural São Paulo (zona sul da cidade), Museu da Diversidade, Cine Olido, Cinesesc Augusta e Espaço Itaú de Cinema Augusta salas 3 e 4, e no Largo do Arouche, no centro, além do Beco do Graffiti, na Vila Madalena (zona oeste).

A entrada é gratuita no CCSP, Museu da Diversidade, Largo do Arouche e Beco do Graffiti. No Cine Olido, custa R$ 1, enquanto no Cinesesc sai por R$ 16.

Já os ingressos para o Itaú custam de R$ 10 (sala 3) a R$ 18 (sala 4). Nesse espaço, quem falar na bilheteria que é gay, lésbica ou simpatizante, paga meia-entrada. Essa ação ocorre pela primeira vez no evento e segundo a organização, é mais uma “brincadeira” e agrado ao público.

O festival receberá convidados internacionais, como o ator francês Stéphane Rideau, o cineasta francês Gaël Morel, o escritor colombiano Alonso Valter Sanches e o diretor argentino Javier van de Couter, entre outros.

Imagem

No Caminho das Dunas” (foto), de Bavo Defurne, abre o Festival Mix Brasil em 8 de novembro em SP

Agradecemos o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s